• #LiLifestyle #LiMomToBe

THE POWER OF MUSIC IN BABY DEVELOPMENT.


Singing is so good, right ? I Love it! Next life I will ask God for a Carla Bruni voice! But in the meantime, I'm singing with the one I have...

Music has the power to change the mood and energy of the environment, of the moment. It can calm, comfort, animate, shake, make you laugh or cry! And for babies it's the same! So today's post is about the power of music in the development of the little ones!


Hearing is one of the first senses that the baby develops in the mother's belly. By the fifth month of gestation, he begins to hear. and what is the first rhythm he starts to hear and get used to? The beat of the mother's heart! How amazing, huh ?!

At this stage, it is important for parents to listen relaxing music. And, also, sing for the baby! That way, the musical dialogue starts! And both the father and the mother help him to distinguish the voices that, at birth, he will recognize.


But, what songs should we listen during pregnancy and after the baby is born?

Well, of course it all depends on the musical taste of the family. It is known that classical music contributes to the well-being of the mother, since it stimulates the production of endorphins, which everyone knows, reduces stress and anxiety. Everything the pregnant woman needs, right? In addition, by offering different rhythms, times and variety of instruments, it is ideal to arouse the baby's attention. Music with lyrics is also very important, because it stimulates the development of language and therefore speech. The tip is to alternate different musical styles and to set the rhythm by clapping the little hands, feet or rattles. This will stimulate the child's bodily awareness.

Knowing all this, one of the first things I did, when I figured out my pregnancy, was to create a playlist for baby Arthur on Spotify. It's a very eclectic playlist! If you want to get inspired, just click here!


At birth, the baby's brain is a real mess of neurons. All waiting to be connected and form circuits, which will develop different skills, such as musicality, language, mathematics, emotions, among many others. It is a crucial phase, because everything that the little one experiences, such as physical contact, affective, sounds, will determine what kind of baby it will be: smart or passive, articulate or fearful, extroverted or shy, etc.

And, music enters as an important factor in the development of memory and attention. In the world of the newborn, before there are words, there are sounds. Then, the baby grows and transforms by imitation, those sounds into words. So an immense vocabulary is on the way!


To introduce music in the baby's routine strengthens the bond with the caregivers, favors the acquisition of language through articulatory training and helps in the development of motor, perceptive, memory and affective skills.


Some tips for excellent affective, social and musical development are as follows:

# Play music during the day to move holding the baby;

# Play some musical instrument for him. You can invent musical instruments, with spoons, mugs, pans, etc.

# Invest in sound toys;

# Protect your baby's hearing. Do not expose he to over-normal sounds and treat any ear infections immediately.


Source: Leocadia Rudenco - Arthur's Grandma

Suggested books and readings:

Build a Baby’s Brain. Sharon Begley

The Role of Music. Dr. Diana Bales

The Importance of Music for Kids. Brazilian Association of Music


O PODER DA MÚSICA NO DESENVOLVIMENTO DOS BEBÊS.


Cantar é tão bom, né?! Eu amo! Na próxima vida vou pedir uma voz estilo Carla Bruni! Mas, nessa, baby Arthur vai aguentando a voz da mamãe! rsssss

A música tem o poder de mudar o humor e a energia do ambiente, do momento. Ela pode acalmar, confortar, animar, agitar, fazer rir ou chorar! E, para os bebês não é diferente! Por isso, o post de hoje é sobre o poder da música, no desenvolvimento dos pequenos!


A audição é um dos primeiros sentidos que o bebê desenvolve, na barriga da mãe. Por volta do quinto mês de gestação, ele já começa a ouvir. e qual é o primeiro ritmo que ele começa a escutar e se acostumar? A batida do coração da mãe! Que lindo, né?!

Nessa fase, é importante que os pais escutem músicas relaxantes. E, que também cantem para o bebê! Dessa forma, é iniciado o dialogo musical! E, tanto o pai, como a mãe o ajudam a distinguir as vozes que, ao nascer, ele vai reconhecer.


Mas, e que músicas ouvir durante a gestação e depois que o bebê nasce?

Bom, é claro que tudo depende do gosto musical da família. Sabe-se que a música clássica, contribui para o bem-estar da mãe, pois estimula a produção de endorfina, que todo mundo sabe, reduz o estresse e a ansiedade. Tudo o que a grávida precisa, né, amores?! Além disso, por oferecer ritmos e tempos diferentes e variedade de instrumentos, ela é ideal para despertar a atenção do bebê. A música com letra, também é muito importante, pois estimula o desenvolvimento da linguagem e, por conseguinte a fala. A dica é alternar diferentes estilos musicais e marcar o ritmo com palminhas, pezinhos ou chocalhos. Isso estimulará a consciência corporal do pequeno.

Sabendo de tudo isso, uma das primeiras coisas que fiz, quando descobri a gravidez, foi criar uma playlist para o Arthur no Spotify. É uma playlist bem eclética! Se vocês quiserem se inspirar, é só clicar aqui!


Ao nascer, o cérebro do bebê é uma verdadeira confusão de neurônios. Todos aguardando serem conectados e formarem circuitos, que vão desenvolver diferentes competências, como a musicalidade, a linguagem, a matemática, as emoções, entre tantas outras. É uma fase crucial, pois tudo o que o pequeno experienciar, como contato físico, afetivo, sons, vai determinar que tipo de bebê ele será: esperto ou passivo, articulado ou medroso, extrovertido ou tímido, etc.

E, a música entra como fator importante no desenvolvimento da memória e da atenção. No mundo do recém-nascido, antes de existirem palavras, existem sons. Então, o bebê cresce e transforma por imitação, esses sons em palavras. Assim, um imenso vocabulário vai se formando!


Colocar a música na rotina do bebê fortalece o vínculo com os cuidadores, favorece a aquisição da linguagem pelo treino articulatório e ajuda no desenvolvimento das habilidades motoras, perceptivas, de memória e afetivas.


Algumas dicas para um excelente desenvolvimento afetivo, social e musical são as seguintes:

# Colocar música durante o dia para movimentar-se com o bebê no colo;

# Brincar de tocar algum instrumento musical para ele. Pode inventar instrumentos, com colheres, canecas, panelas, etc. Ou se você toca algum instrumento musical, tocar para ele;

# Invista em brinquedos sonoros;

# Proteja a audição do bebê. Não o exponha a sons acima do normal e trate as eventuais infecções de ouvido imediatamente.


Fonte: Leocadia Rudenco - Vovó do Arthur

Leituras sugeridas: O Cérebro dos Seus Filhos. Sharon Begley

The Role of Music. Dra. Diana Bales

A Importância da Música para as Crianças. Associação Brasileira da Música.

18 views0 comments