• Lifestyle

TO BE HAPPY: IT’S UP TO YOU, IT’S UP TO ME!


This January, I completed two years living in Miami. And, Yes, it's very good to live here. As well as, my 10 years living in Porto Alegre, which were wonderful! My 9 years living in Santa Maria, spectacular! What to say so, of the 11 years that I lived in Caçapava do Sul? Where I met some of my best friends! Ahhh and Porto Lucena? Where I gave my first steps, with white shoes in the red soil of the Uruguay River. And, Quaraí, city where I was born, on a stormy night at 1:05am! Only nine months in this city was enough to take my heart! That's where my roots are and that's where I go, whenever I want to find myself again.


Each of these cities in which I had the pleasure of living, is responsible for the Liège that I've been becoming. A Liège free of moorings, chest and head open to know and appreciate the new and collecting memories by the places where I pass, without glare or bursts.

I learned to see the beauty in each town and know that happiness does not depend on a pretty sight. And, it's not simply being in Miami, New York, London, Paris or Porto Alegre. But, yes, it’s be good to yourself, with your values, with health and be aware that we are not here for a walk. Is to have a positive attitude in the face of life.

Happiness is being able to be who you are. It's about being able to wake up all day and thank you for being alive, for having someone to count on, either here or in China. It's packing to go on vacations, it's the smell of fresh coffee, it's a tight hug, it's meeting friends, it's a good morning message, it's an invitation to a mate with popcorn! It’s for sure, to take the road towards Quaraí, to have a wine at my family’s farm in the cold of June in front of the fireplace, not without before, stop by Batovi restaurant in Sao Gabriel, to eat a big fried beef empanada!

Be happy! No matter where, how or when! It’s up to you, it’s up to me!



SER FELIZ CABE A VOCÊ, CABE A MIM!


Nesse Janeiro, completo dois anos vivendo em Miami. E, sim, é muito bom morar aqui. Assim como, os meus 10 anos morando em Porto Alegre, que foram maravilhosos! Meus 9 anos morando em Santa Maria, espetaculares! O que falar então, dos 11 anos em que morei em Caçapava do Sul? Onde eu conheci algumas das minhas melhores amigas! Ahhh e Porto Lucena? Onde dei meus primeiros passos, com sapatinhos brancos na terra vermelha do Rio Uruguai! E, Quaraí, cidade onde nasci, numa noite de temporal à uma da madrugada! Só nove meses nessa cidade bastaram para ela ser a minha “Querência Querida!”! É lá que estão minhas raízes e é pra lá que eu vou, sempre que quero me reencontrar.

Cada uma desses cidades em que tive o prazer de viver, é responsável pela Liège que eu venho me tornando. Uma Liège livre de amarras, de peito e cabeça abertos para conhecer e apreciar o novo e colecionando lembranças pelos lugares onde passo, sem deslumbres ou rompantes.

Aprendi a enxergar o belo em cada cidade e sei que a felicidade independe de uma vista bonita. E, não é, simplesmente, estar em Miami, New York, Londres, Paris ou Porto Alegre. É, sim, estar bem consigo mesma, com os seus valores, com saúde e, ter a consciência de que não estamos aqui de passeio. É ter uma atitude positiva frente a vida!

Felicidade é poder ser quem você é. É poder acordar todo o dia e agradecer por estar viva, por ter com quem contar, seja aqui ou na China. É arrumar a mala pra sair de férias, é o cheiro de café recém passado, é um abraço bem apertado, é reencontrar amigos, é uma mensagem de bom dia, é um convite pra um chimarrão com pipoca! É, sem d/vidas, pegar a estrada rumo a Quaraí, para tomar um vinho lá na Vento Norte do Caty, no frio de junho em frente a lareira, não sem antes, parar no Batovi, em São Gabriel, para comer um pastel!

Seja feliz! Do seu jeito, à sua maneira! Não importa, onde, como ou quando!

Cabe a você! Cabe a mim!


27 views0 comments