• Etiquette

WINE ETIQUETTE PART IV: PAIRING WINE & FOOD


Red? White? Rosé? Sparkling? There are many possibilities! My faves are red and sparkling wine, but sometimes I want to open a white.

Today the blog brings a very practical way to facilitate that time you need to match wine and food.

All you need to know is in the illustration above and, follow your palate!


WHITES:

  • If you like tropical fruits, go for a Viognier. It’s strong and intense with notes of mango.

  • If you prefer apples and pears notes, Pinot Grigio is a great option. It’s crisp and fresh.

  • If your business is citrus, go for a Gruner Veltliner. A New Zealand Sauvignon Blanc is a good bet!

  • If you like buttered toast, try a California Chardonnay. I love it!

  • If you are a fan of smell of freshly-cut grass, like me, you should go for a white Bourdeaux!

REDS:

  • If you are a dark chocolate lover, Malbec is the bet. And is without doubt my fave wine. From Argentina, course.

  • If you always pick out the red candies, you’d like a wine with notes of sweet red fruits. Try a Rioja, which tastes like sour cherries.

  • If bacon is your passion, choose a smoky Pinot Noir or Valpolicella.

  • If you like spicy, go for a Syrah or a Cabernet Sauvignon.

  • If you’re a steak fan, you’ll love Bandol from Provence, a Pinot Noir or a Beaujolais.

  • If you want a wine to pair with a barbecue or beef ribs, Cabernet Sauvignon, Malbec and Brunello de Montalcino are the best options. Specially for me!

  • If you want to pair with Lamb, wild boar and other lean red meats, try Carménère.


ETIQUETA DE VINHOS - PARTE IV: HARMONIZAÇÃO


Hoje o blog traz uma maneira bem prática, para facilitar aquela hora em que você precisa combinar o vinho com a refeição. Resumidamente, tudo o que você precisa saber, está na ilustração ao final do post.

Na verdade, são apenas sugestões. E, não devem ser encaradas como regras, apenas como uma direção, uma ideia que pode ser seguida mas sem obrigação, pois somos livres para criar novas combinações e a melhor harmonização sempre será a que mais agradar o seu paladar! Eu, por exemplo, sou amante dos tintos e dos espumantes. Mas, às vezes, tenho vontade de degustar um branco.

Então, também preparei dicas simples para facilitar a sua escolha! A primeira, e mais importante, é: Relaxe, se você estiver em boa companhia, nada disso importa! Vamos lá:


BRANCOS:

  • Se você gosta de frutas tropicais, escolha um Viognier. Ele é forte, intenso e tem notas de manga.

  • Se você prefere notas de maças e peras, o Pinot Grigio é uma ótima opção.

  • Se o seu negócio é cítrico, escolha um Gruner Veltliner. Os Sauvignon Blanc da Nova Zelândia são os melhores exemplares.

  • Se você é daqueles que, como eu, gosta de sabores amanteigados e torrados, tente um Chadornnay Californiano.

  • Para quem gosta, também como eu, de cheiro de grama recém cortada, sem dúvida, um Bordeaux branco é a melhor escolha!

TINTOS:

  • Para amantes do dark chocolate, o Malbec é a aposta. Ele é sem dúvida, o meu vinho favorito. Os vindos da Argentina, óbvio!

  • Se você gosta de frutas vermelhas. Experimente um Rioja, que tem notas de cereja.

  • Se bacon é a sua paixão, escolha um Pinot Noir ou o Valpolicella (vinho preferido de Ernest Hemingway e um dos favoritos do meu pai).

  • Se o seu paladar é mais apimentado, escolha Syrah ou Cabernet Sauvignon.

  • Para filés, você vai amar o Bandol da Provença, o Pinot Noir ou o Beaujolais.

  • E, o que escolher para o nosso churrasco de domingo ou aquele super costelão 12h?Cabernet Sauvignon, Malbec e Brunello de Montalcino são as melhores opções. E, não esqueça de me convidar!!!

  • Carnes vermelhas magras, como aquele delicioso cordeiro, ou um javali ao molho de frutas vermelhas, caem muito bem com o Carménère.


Gostaram? Bom, depois de todas essas combinações, só me resta abrir um Malbec!

Semana que vem, vamos harmonizar vinhos e queijos!

Recent Posts

See All