• Li Trips

SALZBURG: THE LAND OF CLASSICAL MUSIC


A day in Salzburg was enough for me to fall in love with this city, in Austria. Cut by the Salzach River and surrounded by three Alpine mountains: the Kapuzinerberg, the Bürgldtein and the Mönchs Berg, Salzburg is known all over the world as the Capital of Classical Music, because the genius Wolfgang Amadeus Mozart was born there. And, also, is the home of the Von Trapp family from the movie Sound of Music. In fact, before you go, watch the movie. Everything takes place in Salzburg.


To go there, I took a train to Salzburg from Munich Central Station (Hauptbanhof). The trip lasts about 2:00, and the landscapes are lush. Arriving at the Central Station of Salzburg, which is in the New Town, I went to the tourist information and chose to do the tour "Sound of Music" , by Gray Line company. And I strongly recommend .

The tour takes two hours by the most important places of the movie and, consequently, of Salzburg. It's so much fun, full of trivia and music. And after you can spend the rest of the day exploring the Old Town area.

The first stop was the Mirabell Palace, known for its stunning gardens. And, that was marked in the movie, because that's where the children played, while Maria (Julie Andrews) taught to sing: do-re-mi.

Then I went to the Leopoldskron Schloss. The fictional home of Captain Von Trapp. The place is breathtaking. The Lake with the Palace in the background is gorgeous.


The tour continues by Hellbrun Schloss. Where is the famous gazebo, place of the most anthological musical scenes. The song "Sixteen going on seventeen" was sung and danced there, perpetuating the place.


And, finally, the tour arrives in the Old Town, where the main attractions are. The tip is to walk and explore the narrow streets of this super charming city.

Explore the Getreidegasse Street. Full of shops with beautiful signs, made in wrought iron, typical of medieval times. As at the time few persons knew reading, the purpose of the establishment was symbolized through drawings. And the tradition is kept until today. Invest a little time there, it's awesome! Oh, and don't forget to take out the more traditional souvenirs: painted eggs! They are extremely cute and beautiful. The chocolates are also famous. Buy the family Fürst, the first chocolate factory in the region. They're delicious and hand-made until today.

And, since we're going for the gastronomic side, don't think twice and have lunch at St. Peter Stiftskeller. This is considered the oldest operating restaurant in Europe. The first mention of it is from the year 803. Mozart was habitué, there.

After, have a coffee at Tomaselli. The most traditional cafe of the city, and it’s famous because was the House in which lived Mozart’s widow. A delight to place.


Talking about Mozart, you can, also, visit the house where he was born. It's right there in the Getreidegasse Street. A building yolk color, and today is a museum, about Mozart’s life. In fact, the center of the city breathes Mozart. Several commercial and public establishments have his name. Like Mozarplatz (Mozart square) where is the famous statue of Mozart, much criticized by locals for doesn’t looks like him.


Shortly thereafter is the Dom Platz square, where is the Residenz Palace and the beautiful Cathedral of Salzburg. In front of the Residenz depart several carriages, that make city tours.

Around the corner from there is the Alter Markt, a square full of typical food stalls and restaurants with tables on the sidewalk. I love this kind of place. Perfect to sit and indulge yourself with a glass of wine. And that's what I did!


Nearby is the Kaptel-Platz. A famous square for the sculpture Sphaera, by German artist Stephan Balkenhol. The huge golden ball, with a boy on top, looking towards the Hill, intrigue all because nobody knows what exactly he is looking...


Ahead in the hill is the imposing Fetung Hohensalzburg, the largest and most well preserved Castle of Central Europe. The access is by the funicular and it costs €11. The pass includes round-trip transfer and entrance to the Museum. It is worth it for the view. It's gorgeous!


To go back, I took the tour bus on the stop next Mozart Statue Square and went to Central station to take the train to Munich.

It was an intense day, full of history, culture, music and a scenery of unforgettable beauty.


SALZBURG: A TERRA DA MÚSICA CLÁSSICA


Um dia em Salzburg foi o suficiente, para eu me apaixonar pela cidade e querer conhecer mais da Áustria. Cortada pelo Rio Salzach e cercada por três montes alpinos: o Kapuzinerberg, o Bürgldtein e o Mönchs Berg, Salzburg é mundialmente conhecida como a Capital da Música Clássica, pois o gênio Wolfgang Amadeus Mozart nasceu lá. E, também, é a casa da Família Von Trapp, do filme A Noviça Rebelde. Aliás, antes de ir, assista o filme. Tudo se passa em Salzburg!

Para chegar lá, peguei o trem, na Estação Central de Munich (Hauptbanhof). A viagem dura cerca de 2h, e as paisagens são exuberantes. Chegando na Estação Central de Salzburg, que fica na parte nova da cidade, fui até as informações turísticas e escolhi fazer o tour “Sound of Music”( A Noviça Rebelde), pela empresa Gray Line. E recomento, fortemente!

São duas horas passeando pelos lugares mais importantes do filme e, consequentemente, de Salzburg. É bem animado, cheio de curiosidades e música. E, depois, você tem o resto do dia para explorar o centro da Cidade Velha.

A primeira parada foi o Palácio de Mirabell, conhecido pelos seus deslumbrantes jardins. E, que ficou marcado no filme, pois era onde as crianças brincavam, enquanto Maria (Julie Andrews) ensinava a cantar: Dó-ré-mi.


Depois, conheci o Leopoldskron Schloss. A casa fictícia do Capitão Von Trapp. O lugar é de tirar o fôlego. O lago com o palacete ao fundo é deslumbrante.


O tour continua pelo Hellbrun Schloss. Onde está o famoso gazebo, palco para uma das cenas musicais mais antológicas do cinema.Sixteen going on seventeen” foi cantado e dançado lá, eternizando o lugar.


E, finalmente, o tour chega na Cidade Velha, onde estão as principais atrações. A dica é caminhar e explorar as ruelas dessa cidade super charmosa.

Explore, principalmente, a rua Getreidegasse. Cheia de lojas com letreiros lindíssimos, feitos em ferro forjado, típicos da era medieval. Como naquela época poucos sabiam ler, a finalidade do estabelecimento era simbolizada através de desenhos. E a tradição se mantém até hoje. Invista um tempo ali, é de enlouquecer! Ah, e não esqueça de levar o souvenir mais tradicional deles: Ovos pintados! São extremamente lindos. Os chocolates, também são famosos. Compre os da família Fürst, a primeira fábrica de chocolate da região. São deliciosos e feitos artesanalmente até hoje.

E, já que estamos indo para o lado gastronômico, não pense duas vezes e almoce no St. Peter Stiftskeller. Este é considerado o restaurante mais antigo e em funcionamento na Europa. A primeira menção dele é do ano de 803. Mozart era habitué, lá.

Deixe para tomar o cafezinho no Tomaselli. O café mais tradicional da cidade e super famoso, pois foi a casa em que viveu a viúva de Mozart. Uma delícia de lugar.


Por falar em Mozart, conheci a casa em que ele nasceu. Fica ali mesmo na rua do comércio. Um prédio amarelo ovo, não tem como não ver. Hoje funciona como museu. Aliás, o centro da cidade respira Mozart. Vários estabelecimentos comerciais e públicos têm seu nome. É o caso da Mozarplatz, onde encontra-se a famosa estátua de Mozart, muito criticada pelos locais por não se parecer com ele.


Logo em seguida, surge a praça Dom Platz, onde está o Palácio Residenz e a lindíssima Catedral de Salzburg. Da frente da Residenz partem diversas carruagens, que fazem passeios pela cidade.


Pertinho dali, está a Alter Markt, uma praça cheia de barracas de comidas típicas e restaurantes com mesas na calçada. Adoro esse tipo de lugar! Perfeito para sentar e deliciar-se com uma tadinha de vinho. E foi o que fiz!


Bem próximo, encontra-se a Kaptel-Platz. Praça famosa pela escultura Sphaera, do artista plástico alemão Stephan Balkenhol. A enorme bola dourada, com um menino em cima, olhando em direção ao morro, intriga a todos, pois ninguém sabe o que exatamente ele olha…


Um pouco mais adiante, para o alto, está a imponente Fetung Hohensalzburg, o maior e mais bem preservado castelo da Europa Central. O acesso se dá pelo funicular e custa €11. O passe inclui transfer de ida e volta e entrada no museu. Já vale a pena pela vista. É deslumbrante!


Para a volta, peguei o ônibus turístico na parada próxima à praça da estátua do Mozart e fui até a Estação Central, para pegar o trem até Munich!

Foi um dia intenso, cheio de história, cultura, música e cenários de beleza inesquecível.