• Etiquette

TO SNAP OR NOT SNAP?


We all know that Snapchat is a social media phenomenon. But what about how to keep education and manners in this social network where spontaneity is the key to success? Here are some etiquette tips for the “snapaholics”:


  • being spontaneous doesn't mean being rude. So, chew while speaking, yawn in public, lacking hygiene are still ugly;

  • there are times and places where a Snapchat is simply not a good idea, for example: in the middle of a serious conversation; In your job company (unless the culture company allows it); At the doctor's Office (it's embarrassing to see the face of the doctor prescribing the recipe and embarrassed by being filmed)

  • don’t be boring. Snapchat allows you to measure how much time elapses before the picture self-detonates. This is nice and all, except the timing mechanism brings out the narcissistic side of people with an inflated sense of self-worth in the worst way. Here’s the secret of life, guys: Always leave them asking for more;

  • avoid sending photos with more than 5 seconds. Unless the photo is worthy of a print, try not to send photos too long;

  • for lifetime movies, monologues, etc, use the You Tube;

  • nudes: I hope you know the consequences.


Snapchat is a wonderful app, but must be used properly. It is a very entertaining and interesting way to communicate with friends. And you may always adhere to your personal Snapchat style. After all, social media enables us to express ourselves how we’d like.

The suggestion is: Use it, but don’t abuse it.


Que o Snapchat é um fenômeno dentre as mídias sociais, todo mundo sabe. Mas como manter as boas maneiras nessa rede social onde a espontaneidade é a chave do sucesso? Aqui vão algumas dicas de etiqueta aos “snapaholics”, para evitar que seus snaps sejam pulados pelos seguidores. Vale lembrar que o bom senso sempre é o melhor filtro!


- ser espontâneo não significa ser mal-educado. Então, mastigar enquanto fala, bocejar em público, faltar com a higiene, continuam sendo hábitos feios;


- existem horas e lugares onde o snap não é uma boa ideia, por exemplo: no meio de uma conversa mais séria ou de uma reunião; Na empresa onde você trabalha (a menos que a cultura organizacional permita); No consultório médico (é constrangedor ver o médico prescrevendo uma receita super sem jeito por estar sendo filmado);


- não seja cansativo. O snapchat permite medir quanto tempo decorrido antes de postar. Isso é ótimo em todos os sentidos, exceto quando o mecanismo de temporização traz à tona o lado narcisista de pessoas com um sentimento inchado de auto-estima da pior maneira possível;


- fotos com mais de 5 segundos. A menos que a foto seja digna de um print, tente não enviar fotos muito longas;


- para monólogos, filmes da vida, etc, existem outras ferramentas, como o You Tube, por exemplo;


- nudes: você sabe das conseqüências...



É só cuidar alguns detalhes para não exagerar na espontaneidade e não parecer artificial, nem relaxado ou mal-educado. E, não esqueça, mantenha o seu estilo pessoal. Afinal, as redes sociais servem para nos expressarmos como somos! A dica é: Use, mas não abuse!


Recent Posts

See All